Nota de pesar – Singeperon lamenta falecimento de diretores do Sindicato dos Agentes de SP

 

O Sindicato dos Agentes Penitenciários e Sócio Educadores de Rondônia (Singeperon) vem a público lamentar com dor e pesar a morte dos diretores do Sindicato dos Agentes Penitenciários de São Paulo (Sindasp): José Cícero de Souza, conhecido como “Lobó”, que tinha 54 anos e Edson Chagas, conhecido como “Cebolinha”, de 57 anos.

 

Ambos eram companheiros de luta antigos e, segundo informações da imprensa nacional, os diretores do Sindasp faleceram na manhã desta quarta-feira (11) em um grave acidente de carro na rodovia Assis Chateaubriand, próximo à cidade de José Bonifácio (SP). No mesmo veículo também estava o presidente do Sindicato, Daniel Grandolfo, de 37 anos, que sofreu ferimentos graves e permanece internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) de um hospital em Rio Preto (SP).

 

Os três dirigentes sindicais estavam em Brasília, onde acompanharam na terça-feira (10), a votação da PEC 14/2016, no Senado, continuando com a luta incansável pela Polícia Penal. Eles também buscavam a realização de um sonho, a valorização e reconhecimento dos Agentes Penitenciários através da criação da Polícia Penal. Lamentavelmente, estes dois grandes homens tiveram suas vidas interrompidas de maneira triste, mas suas lutas não foram em vão.

 

Por isso, o Singeperon presta toda a solidariedade aos membros e filiados do Sindasp, às famílias e amigos de José Cícero e Edson Chagas e estamos na torcida pelo pronto restabelecimento da saúde do presidente Daniel Grandolfo.

 

A diretoria do Singeperon.

MENSAGEM RÁPIDA

2013 -SINGEPERON - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS